fdb – Forschungsdatenbank der Europa-Universität Viadrina Frankfurt (Oder)

Vortrag

Rita Vallentin: O alemão e o polonês como línguas de migração no Brasil a partir de uma perspectiva estrutual

VortagendeR Rita Vallentin
Tagung X Congresso Internacional da ABRALIN
Ort Niterói, Brasilien
Jahr 2017

Zusammenfassung

Em 2015, uma equipe de etnógrafos e linguistas publicou em uma antologia o projeto "Receitas da migração", o que deu espaço a algumas vozes da segunda e terceira geração de imigrantes alemães, italianos e poloneses no Vale do Itajaí (Santa Catarina) no Brasil (Seiffert et al. 2015). O objetivo desta apresentação é a discussão dos dados alemães e poloneses transcritos nesse livro a partir de uma perspectiva estrutural e comparativa. O alemão e o polonês no Brasil têm uma historia parecida: ambas as línguas são representadas na paisagem linguística do Brasil desde o século 19 e são mais divulgadas no Espírito Santo, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. Os textos produzidos pelos descendentes alemães e poloneses no livro "Receitas da migração" serão analisados dentro de um contínuo partindo de uma alternância entre as línguas sem nenhuma influência recíproca (caráter durável dos limites linguísticos), passando por formas caracterizadas por transgressão dos aspectos gramaticais (caráter permeável dos limites linguísticos) até a emergência das novas formas sincréticas que se caracterizam pela fusão de estruturas lexicais e gramaticais (caráter liminal dos limites linguísticos) (Zinkhahn Rhobodes, no prelo). Nos dados, pode-se observar vários fenômenos do contato linguístico, como por exemplo alternância de códigos, interferências e “loan translations” (Myers-Scotton, 2002; Backus/Dorleijn, 2009). O objetivo é mostrar semelhanças e diferenças nos fenômenos de contato das línguas de imigração – polonês e alemão – com a língua portuguesa no Brasil e comparar os resultados a partir de uma abordagem interdisciplinar, a fim de situar as duas línguas dentro do continuo de contato linguístico. Assim, esta apresentação colabora, por exemplo, com investigações de caráter sociolinguístico sobre as línguas alemã e polonesa no Brasil.

Einordnung in die Universitätsstruktur

Fakultät Kulturwissenschaftliche Fakultät
Lehrstuhl Professur für Sprachgebrauch und Sprachvergleich
Forschungsprojekt Ethnicity in Motion – Transkulturalisierungsprozesse unter europäischen Einwandererminderheiten in Brasilien